Noticias

REUNIÃO DE DIRETORIA DISCUTE TEMAS DE INTERESSE EMPRESARIAL

Na noite desta última segunda-feira (25/03), nas Entidades Empresariais, aconteceu mais uma reunião de diretoria que tem como objetivo discutir pautas diversas, sejam elas de interesse empresarial, quando geral, uma vez que se entende que o desenvolvimento do município afeta positivamente todos os munícipes.

Sendo assim, os presidentes, diretores e empresários presentes, tiveram a oportunidade de conhecer o Projeto para Formação de Herdeiro Sucessor. Apresentado pelo mestre em Gestão Empresarial, Paulo Andion e pelo mestre em Administração, Luciano Pimentel, o projeto tem como objetivo formar e capacitar os sucessores das empresas, sejam eles herdeiros ou não, em todos os âmbitos necessários para uma boa gestão, desde o preparo psicológico, liderança, negociação, administração de conflitos, entre outros aspectos.

Os responsáveis pelo projeto enfatizaram a importância que a empresa familiar possui, visto que cerca de 90% das empresas do Brasil são familiares, tendo, portanto, uma significativa importância socioeconômica dentro do município. Diante do exposto e tendo em vista a importância do projeto, será alinhado um convênio com as Entidades Empresariais para que os associados interessados tenham descontos na participação do projeto.

Em um segundo momento, a pedido de um grupo de empresários, discutiu-se a Lei Complementar Nº 43, de 27 de dezembro de 2018, que altera a redação da Lei Complementar Nº 28, de 31 de outubro de 2008 (Código Tributário Municipal), referente ao aumento excessivo da TAXA DE PUBLICIDADE (veiculação de publicidade em área pública ou nas áreas externas de imóveis e estabelecimentos) que é cobrada anualmente.

Os empresários presentes externaram as insatisfações referente ao assunto, visto que, além da não tomada de conhecimento antes de ser aprovada pela câmara no final de dezembro de 2018, o aumento demarcou uma alta diferença de um ano para o outro, o que foi considerado entre os presentes uma insatisfação da forma como o processo foi feito. Os presentes exemplificaram o aumento através dos valores cobrados de um ano para o outro, onde a diferença pode chegar a mais de 350%, o que torna a medida impopular, visto que, como foi afirmado, se a empresa investe em uma fachada, seja ela grande ou pequena, luminosa ou não, o empresário investe pensando na organização da cidade, investe sabendo que esse é um diferencial que a cidade possui e, por esse motivo, é conhecida como uma das cidades com as vitrines mais bonitas da Bahia.         

Diante do exposto e da percepção de que nem todos os empresários possuem conhecimento da Lei, ficou decidido que acontecerão outras discussões após o compartilhamento da situação exposta em reunião, bem como o conhecimento geral da própria Lei - que segue em anexo nesta matéria.

As Entidades Empresariais reafirmam a importância de discussões como estas, uma vez que busca-se, em conjunto, estabelecer alternativas para que prevaleça o desenvolvimento ordenado da cidade, que inclui o desenvolvimento do comércio e fortalecimento do mesmo, de forma que todos os envolvidos sejam contemplados.

Contato

© 2018 Espaço Empresarial de Santo Antônio de Jesus . Todos os Direitos Reservados.